Just another WordPress.com weblog

Archive for Março, 2010

MEIA SONAMBULA…

   Oi meninas faz um tempinho q num posto mais vamos lá.

   Ontem não fui pra academia então cheguei mais cedo em casa, levei minha irmã na facu, depois voltei em casa e fui durmi, isso deveria ser umas 7h como eu quase nunca tenho tempo para durmi quando me sobra uma brecha durmo mesmo, estava eu lindinha nanando quando ouço vozes vindo da sala, eu sabia q meu cunhado ia lá só que ouço mais vozes e me pareciam de mulheres eu tentava ouvir a conversa e num conseguia eu não sei de onde deduzi que eram 2 loiras amigas dele e eu tentava durmi de novo mais sou muito curiosa, queria ver quem tava lá, então tive que me esforçar e lutar contra a preguiça e sono para me levantar da caminha tão convidativa para apreciar as beldades.

    Levantei dei uma olhada no espelho e não estava nada mal, então fui em direção a sala.Plano sendo bolado na cabeça, passar pela sala fingir que nem reparei q tinha gente em casa, não olhar muito só dar uma espiada de canto de olho e ir jantar, depois escovaria os dentes comprimentaria todo mundo tomava um banho e seria simpática, colocando meu charme em pratica, avaliar o terreno e ver se teria uma chance, se fossem bonitas e eu não tivesse chance só apreciaria a arte, se tivesse chance investiria sutilmente só preparando o terreno, e se não me chamassem a atenção iria ficar na net.

   Então ai a decepção, não tinha nenhuma mulher tava sonhando meio acordada, pelo contrario só tinha macho, minha cara de descepção deve ter cido explicita olhei pra aquele monte de macho e respirei fundo e fui jantar com cara de sono e mal humorada por ter sido enganada por mim mesma, puta raiva, mas não vou negar que hoje me pareceu engraçado, eu tava comendo e minha irmã disse:

– Ue porque você levanto [elas bem que sabem que quando deito assim, não levanto nem pra jantar].

   Eu olhei pra ela com cara de sono [porque depois de uma dessas até volto o sono] e disse com uma voz triste olhando pra comida meia que inconformada:

– Eu achei que tinha mulher aqui.

   Ela me olhou e disse:

– É ta explicado agora…[ela com cara de, como eu não imaginei isso, só podia ser mesmo tsc, tsc, tsc]

Obs: acho q to muito sapatona hsuahsuahsuhaushua

Bjos suavez e boa semana

VC ME DISSE…

   Você disse que me deixou porque não queria ser mais uma…essas palavras me adentraram os pensamentos, acho que não deva servir mesmo para você, pois não sei lhe dizer quanto lhe gosto, não sei lhe demonstrar o quanto te quero. É tanto sentimento aqui moça que eu prefiro as vezes me calar, você me deixa sem ação pensando em coisas que não deveria, se eu pudesse te esqueceria mas isso é mais forte que eu.

   Estou indo embora mas antes desejo lhe conhecer, isso tem me causado duvidas ultimamente se devo ou não fazer isso, pois tenho medo de me lembrar de pensar de não esquecer.

   Você me diz que tem medo de ser mais uma…e eu lhe digo que tenho medo de que você seja a única, de que seja tudo aquilo que eu procuro.

   As vezes diz que me gosta com todo o carinho, outras diz que não quer falar comigo, algumas diz que lhe faço sorrir que lhe faço bem, tu precisa de um amigo eu ouço de ti, quando quero ser tua amiga não quer me contar suas dores e com um estranho desabafa porque não à sentimento, quando foi que nos envolvemos? Que a linha da amizade foi se apagando e segredos de mim agora tem. Porque agora lhe importa o que eu sinto e você mede as palavras mas isso nos torna superficiais talvez covardes, eu não vou dizer que não te entendo pois seria mentira. seu que ambas as partes tem motivos para temer, porque…sim já sofremos, já nos entregamos, já fomos, já voltamos é compreensivo nossos erros, nossos anseios e medos.

   Suas palavras andam tão pesadas, meus olhos andam tão tristes…mas isso não tem nenhuma relação com a nossa não relação, mas sim com o peso que carregamos das experiências passadas.

   Escute o que vou lhe dizer, vou vagar sem destino para me perder em você.

Beijos suaves…