Just another WordPress.com weblog

Archive for the ‘histórias’ Category

A estranha sensação de que o amor não é para todos!

   Está manhã amanheceu nublada, ainda que me restem os princípios não consigo mais ver vantagem nisso, ainda que me reste dignidade e respeito não vejo vantagem nisso ainda que me reste amor não vejo vantagem nisso.

     A momentos na vida que devemos saber quando parar, quando perder, nem sempre é ganhando que se ganha mesmo, abrir mão daquilo que nem temos ainda não parece tão difícil assim, mais na verdade quando se faz isso é que se vê o quanto é complicado pelo fato de não ser real ainda ou certeza então ao abrir mão seria deixar uma esperança morrer ou um sonho, só que ao mesmo tempo machucar os outros não é certo, hoje eu só queria olhar nos olhos dela e lhe perguntar sobre o que sente, a olhando nos olhos para ver se almenos posso matar o sentimento que ficou vagando no ar, em uma dimensão ou numa vida sem razão .

    Não sou o tipo que fica lamentando por isso, mais preciso de alguma forma desabafar, pois minhas lagrimas andam secando antes de cair ao chão, elas estão morrendo sumindo de meu rosto e as vezes fico preocupada com tal fenômeno, queria tanto ser mais humana.

    Penso ser mais fácil eu chorar em algum filme do que na vida real, acho que estou desiludida, descrente e muito cansada, não sei se tenho vontade de falar hoje….Minha cabeça está estourando, não sei se é minha culpa por me permitir.Queria tanto lhe esquecer! E quem disse que consigo, por enquanto eu preciso disso sabe falar explodir em sentimentos, dramatizar para desgastar o que queima no peito, geralmente funciona.

    Eu sei que tudo passa e tudo passara, assim é a vida e mesmo sabendo que tudo vai dar certo no final uma hora a gente é pego e distraídos no desapego da vida quando nos damos conta estamos mais envolvido do que o necessário, do que aquilo que idealizamos e queremos, é e quem disse que essas coisas estão em nossas mãos ???  ninguém! o que fica em nossas mãos mesmo é saber administrar o que acontece com a gente não o que vai acontecer, vou mais uma vez lamentar e gastar cada gota de amor, quem sabe se daqui alguns dias eu possa sorrir novamente e adquirir algum conhecimento ou ficar mais um pouco madura com a cara de criança.

 

“Não vou lhe contar”
 Mais uma menina muito linda me falou
Que tanto te ama e que não suportaria lhe perder
Não vou lhe contar
Que com o coração partido ela lhe desejou
E me pediu para deixar o seu caminho livre
Que um dia vocês vão se encontrar e tudo vai voltar a ser como era
Não vou lhe contar
Que irei fazer o que ela pediu e não quero olhar para trás
Não vou lhe contar
Que eu que era tão inatingível me sinto frágil
E que pensei até em chorar, mas não o fiz
Não vou lhe contar
Que eu sei que ela te ama
Só que com o jeito dela e os erros dela
Só que um dia a gente aprende
Que o que tem que ser será
E aprende que no mundo tudo vai e vem
Não vou lhe contar
Que apesar de tudo desejo o melhor para você
E o seu sorriso faz tudo isso valer a pena
Não vou lhe contar
Que estarei aqui quando precisar de um amigo
E que não estarei quando precisar de um amor
Não vou lhe contar
Que eu sei que você é diferente
e na loucura você se faz presente
Não vou lhe contar
Que meu coração agora bate forte por você
E meus olhos olham por você
Não vou lhe contar
Que a vida é dura e que o destino é uma criança brincalhona
Mais que a felicidade está sempre presente
Nas melhores nas piores horas
Basta olharmos de outro ângulo
Não vou lhe contar
Que sei mais do que devia…e que no final tudo acaba bem!”. 

Shing L.

 bjos suaves…

Só não convenci meu medo de te perder

      Não que eu não queira esquecer …. só não consigo, se quanto mais te amo mais lembro, eu só queria não lhe fazer sofrer mas não dá pra gente continuar, sim eu disse que a perdoaria e perdoei só não convenci o meu medo de te perder daquele jeito de novo a idéia me parece insuportável e quando você me pede para me entregar eu sinto muito não poder, mais eu sinto muito mais, quando você não tenta novamente e de novo e de novo. Talvez só assim eu poderia confiar como da primeira vez é que eu já nem sei quem eu sou e a sua mudança me assusta tanto, não é que eu não goste talvez seja o contrario goste até demais, penso ser tudo o que eu queria a pouco tempo atrás.

      Se não for a gente quem vai nos ajudar a ser feliz, eu sei ninguém vai falar nada porque já somos crescidas apenas nos darão um colo reconfortante mas ouça, eu te espero aqui e você me espera ai…Um dia vamos nos encontrar você vai estar linda e eu uma bela mulher seus olhos estarão diferentes e os meus com um brilho incrível a gente vai sorrir e tomar um café, falar do passado contar como estamos e ai vem aquela pergunta

você está casada e com filhos e a resposta será

– não terminei um relacionamento a pouco tempo e você ?

– eu também não. Então lhe chamarei para jantar você aceitara e depois quando formos embora vamos pensar, porque será que não deu certo aquela vez e as duas dirão em silencio enquanto vão embora.

Ela é a mulher mais linda que conheci.

bjos suaves

COISAS DE QUE NÃO GOSTAVA E AGORA NÃO SEI MAIS…

Hoje senti o cheiro de café dominar o ambiente, eu sempre gostei do seu cheiro mais jamais gostei de seu goste, é tão forte e amargo que fica marcado e quem vai entender a necessidade da vida, comecei a tomar café quando comecei a trabalhar como não tomava café da manhã em casa levava umas bolachas ou até mesmo umas torradinhas para o trabalho, como não da para comer isso sem beber alguma coisa e no trabalho lógico que não haveria leite, então era o café mesmo para molhar a boca, até que assim não fica tão ruim.Quem diria depois de 17anos sem tomar café eu seria quase obrigada a tal ato, desde nova faço café para minha mãe, uma viciada todos os dias dois bules de café e eu mal experimentava quando fazia, com a pratica sabia as medidas de olho… É e a cerveja então, nossa lembro que vendo os adultos tomarem, vendo naqueles copos bonitos com o liquido amarelado igual a refrigerante só que com aquela espuminha mais duradoura, e o efeito era engraçado ver os adultos naquela alegria toda, falando mais alto sendo mais generosos (dando dinheiro pra gente compra doces) lógico quando tomada em moderação, na família não tinha tantos excessos em relação a isso naquela época e se tivesse eu nem iria entender o real motivo, lembro quando experimentei a primeira vez, sempre fui muito obediente já tinha uma certa idade acho que uns 13 anos, fui seca para tomar perguntei a minha mãe que deixou, na hora aquilo me deu vontade de jogar fora era mais amargo que gilo só que pensa num amargo liquido, logo em seguida passou pela minha cabeça que adultos realmente tem sérios problemas, quem gosta de uma bebida amarga sendo que o refrigerante era tão saboroso e mesmo não tendo nenhum teor alcoólico a gente se divertia igual os adultos ou até mais, já com meus 19anos começando a sair todos bebiam aquilo e mesmo eu não gostando fui tomando, até que um dia me pareceu doce, desceu suave, talvez eu estivesse me tornando uma adulta, nessa mesma idade venho o cigarro esse não nego que sempre foi meu feti, me imaginava com cara de seria, colocando o cigarro do lado da boca e falando torto ou sentada pensando na vida fumando um cigarro, não sei o porque de assimilar o cigarro a dias tristes, quando estava com alguma dor que não cabia em mim me imaginava fumando, por coincidência ou não numa fase triste da minha vida de desilusões acendi um cigarro, eu já fumava antes desse dia escondida mais raramente só que esse cigarro foi diferente, eu fumei ele iniciando a minha vida de fumante depois não fiquei muito tempo sem fumar, hoje sou fumante. Pelo cigarro desde o primeiro trago me apaixonei até a fumaça dele eu gostava antes de começar a fumar, o que me impedia de fumar ou não gostar tanto dele era ver a minha mãe dependendo dele, não queria ser igual ela, precisar fumar sempre da mesma forma que se precisa respirar. Agora eu fumo, tomo café puro e sinto vontade de beber, sou tão igual a aqueles que jamais quis ser, sou tão diferente do que quis ser, quanto mais crescia meus heróis morriam…eu quero ser inteligente de novo igual a uma criança que escolhe o sabor mais doce e não o amargo independente de ser o gosto da vida ou o gosto de uma simples bebida.

Graças A Deus NeaH!!!

      Fui na missa ontem a noite, hum nada contra a igreja só que de fato não é meu lugar, a ultima coisa que passa na minha cabeça lá é sobre Deus, fico inquieta parecendo aquelas crianças inconvenientes, tem que fica de pé, tem que senta, completa as frases eu não sei nada disso, num pode conversar e é muito silencioso, se ninguém falar da pra ouvir até um pum silencioso hsuahsuahsuha…e ontem para ajudar tinha uma criancinha na nossa frente, que não parava quieta e só dava eu e ela, ela virava e ficava com um sorrisão e eu  dava uma olhada pra ver se ninguém estava olhando e retribuía com uma cara de pateta, até que minha amiga viu, ela começou a rir e ao mesmo tempo falar pra eu parar de dar bola pra menininha, então me concentrei e fiquei quietinha por pouco tempo, porque a minininha cai do banco  não sossegava  a bundinha lá, eu só abaixei a cabeça e comecei a rir e como o banco começo a dar uma balançadinha minha colega olhou pra minha cara daí ela não aquento, não parava de rir, e eu também não as outras três que estavam com a gente entro no embalo tudo bem silencioso as vezes escapava um barulhinho quase chorei de tanto rir, até que respirei fundo e me controlei, gente não foi por maldade só que é tenso, eu não tenho o costume de ir em igrejas, dai fico meia sem jeito.

    Depois da missa a gente foi jogar bola, agora pensa em uma pessoa ruim multiplica por 10 era eu aff, comer e jogar literalmente não da certo tava pesando uma tonelada ia chutar a bola parecia que meu pé tava mole não ia nem com reza braba, batia na bola daquele jeito a bola rolava em câmera lenta hsuahsuahsh…a única vez que chutei a bola legal meu dedão foi junto lindo e belo, daí game over, o dedão ta doendo que é uma beleza =/, depois a galera foi no posto e ficamos bebendo um pouco, hoje fut de novo tomara que eu esteja melhor rsrs , ta valendo um engradado de cerveja  Daí Sim Neah .

Bjos suaves

É UMA CILADA BINO!

   Acho q meu finds foi bem isso hahahah, o desgraceira…. =/

   Sexta feira, essa foi foda ficar em casa coisa que a muito tempo não sabia o que era e eu nem sei fazer isso, tem dois motivos que não gosto disso 1° porque minha mãe fica querendo que eu fique fazendo as coisas pra ela, é muita folga não pega nem um copo de água e não me deixa eu quieta no meu canto, fora que em casa é meio complicado ficar sozinha pq ter 4 irmãs mais novas não é tão fácil  assim, mais até que eu fiquei de boa só com uma delas as outras todas sairão, 2° motivo é pelo simples fato de que eu não sei ficar em casa é um saco ter que ficar assistindo TV e nenhum filme bom e eu nunca estou preparada pra ficar em casa e fazer aquele programa de índio umas guloseimas Playstation hehehehh sou muito preguiçosa para isso kkkkkk, então deito no sofá e fico assistindo aquelas maravilhas entediantes e depois vou dormi de mau humor =s bem pulemos sexta e vamos para sábado.

   Hum o dia começa cedo vou na horta para mamis depois joga um fut chego em casa ta tendo churras dos amigos da facu da minha mana e eu vou buscar meu amigo ursinho pra mim não ficar sozinha, ele tava no trampo ainda e eu fiquei pelo menos 1h e poko esperando ele sair, finalmente ele termina o que tem pra fazer e a gente passa no posto beber uma e comer alguma coisa, depois rumo ao mercado recarregar o combustível humano nossa cerva =p e borá pro churras, lá tinha só alguns amigos dela e como sempre tem um chato só q lá tinha dois, ainda bem que um levo um fora e foi embora heheh, o outro acha que só porque viveu tantos anos tem experiência de vida e sabe tudo, pobre coitado mal sabe ele que eu apenas vi uma pessoa pobre de conceitos, pobre de amor , respeito e etc…

   De noite minha colega liga para fazermos alguma coisa e eu vou buscar ela ficamos um pouco no posto curtindo com outros amigos mais nossos planos era ir para e-dub relaxar (significado beijar muito), começou a chover e eu de moto com os sapatos todo molhado e aquele friozinho bom, ligamos para outro amigo que iria lá para buscar meu ursinho pra jogar truco o que acabou também furando, então ficamos lá bebendo e conversando até oposto fechar, quando ele fecho fico só o guardinha lá e como a gente conhece ele a gente fica lá no escuro sentados, só com as luzes da rua (um dia posto uma foto de lá), fato de sábado levamos bolo e estava frio com chuva mais ainda tínhamos 2 fardos de cerva compramos lanche e coca e ficamos lá meu amigo já tava pra lá de baguida isso 1h da madru então falei pras meninas q levaria ele embora tomaria um banho e voltava lá pra leva o resto pq tínhamos levado o bolo, bem foi oq eu fiz tomei banho e coloquei a capa de chuva e sai de volta pro posto, agora só restavam eu e mais 3 amigas tudo do babado, conclusão só saia papo bom, eu estava meia inquieta depois do banho e barriga cheia não tinha mais nada pra fazer e eu estava meia elétrica então comecei a beber e falar isso é = a medo 0o…

    Só sei que a minha barriga e a das meninas não paravam de doer de tanto que a gente ria e pra variar nem vergonha na cara tenho o guarda lá do nosso lado ouvindo tudo e não pensem que era assuntinho leve era umas coisas cabeludas hahahah, eu não aquentava o tédio e só tinha sapatão comigo lógico que os assuntos giraram em torno de coisas sapatônicas (mulher, sexo) husahushaushaushu

    Teve uma hora que eu pensei meu Deus nunca mais volto nesse posto, pior que passo lá todos os dias pra buscar minha irmã, bem resolvemos virar a noite até os bus começarem a passar e eu só ia levar uma delas embora a noite até que passou rápido e no final tudo acabou bem o guarde tem histórias pra contar pros netos amigos e etc…apesar que acho difícil alguém acreditar nele kkkkkkkk, ainda mais se ele contar as coisas que a gente falo rsrs eu sei que nem sei direito como cheguei em casa só sei que já tava sol e eu tava morta de sono capotei e só acordei as 2h da tarde e depois arrumei a casa ficamos todas minhas irmãs curtindo o dia das mães assistindo TV,fim….o que podemos constatar é que “isso é uma cilada Bino”, o finds loko…

Beijos e boa segundona pra todo mundo

 

Menina minha inspiração tu levou contigo….

       Não tenho porque mentir, sou só eu e apenas eu, é que hoje estou sentindo uma saudade da inspiração que ela me fazia ter, ela era mais um motivo para continuar, tinha alguma coisa de especial entre a gente…que ficou para trás, ela ficou mal, eu fiquei mal, mais mesmo com toda a afinidade que havíamos criado, nada mais era como antes…ela não queria me contar as coisas q a magoava com medo de me magoar e eu não contava o silencio dela era que me magoava, eu pude ver e não fazer nada, ver ela se afastar, ver ela sofrer, ver ela se calar mesmo querendo falar…Eu aprendi que eu sou diferente das pessoas, ela não entendeu como eu ainda depois de tudo conseguia levar as coisas numa boa, e quanto menos tocava no que tinha acontecido mais ela se enfurecia, ela não entendeu que me doía muito, tanto que eu não poderia nem falar, e eu sabia que se falasse que estava sofrendo por ela, ela se afastaria e nem mesmo a presença dela ficaria.

     O pouco que me resta é saber que ela ainda está lá, e que se caso um dia eu precise procurar por ela, eu tenha como achar, mesmo que seja só para esvaziar o que transborda aqui dentro. Minha cara moça dos olhos verdes me lembro das noites de sorrisos e desabafos da ingenuidade dos sentimentos, hoje são apenas lembranças, mais não digo que desde o dia que lhe confessei que algo me incomodava, não sabia das conseqüências, a eu sabia e sabia muito bem, mais do que eu queria…

    Sinto falta sim da sua amizade e saiba que nunca me afastei de você, mais você me afastou de mim, sei que não é tão fria nem boba e sabe que sentimentos não somem assim em um piscar de olhos, a e como sabe, por isso até se afastou, sabia que precisa me deixar um pouco, para que passasse tudo isso.

    Hoje eu vi você naquele mesmo lugar, mais foi triste saber que nem afinidade tens para pelo menos me dar um feliz aniversario isso era importante para mim, mais tudo bem…tudo passa,tudo passara.

Beijos suaves…

AMIGOS SAUDADES…

     Todo mundo anda sumido…como poderei esquecer os dias que passamos juntos, foram tantas coisas boas que me da até uma nostalgia, mas eu até que gosto dela porque ela é a  lembranças do que vivemos e não do que lamentamos não ter feito.

    As brincadeiras sempre estarão aqui comigo, e quando saíamos perdidos por ai sem saber onde ir, parávamos em qualquer praça e começávamos a tocar a cantar, sempre com os cigarros e as cervejas a mão, eu queria cantar essa musica pra vocês , porque suas lembranças nos mantém juntos, mesmo que em outro espaço tempo, é só fechar os olhos que podemos ver quantas coisas boas passamos juntos, quantos lagrimas derramamos.Mas eu sei o tempo passou…

   Eu nunca vou esquecer a risada escandalosa, o sorriso engraçado, o abraço apertado, amigos essa vida é breve, aproveitem enquanto tem tempo, enquanto há amigos por perto, pois sempre eles iram e viram. Eles estão presentes nas nossas vidas e são tatuados em nossas almas, para sempre na lembrança de uma vida…

bjos suaves….